Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Menu

Semuttran e TUPi apoiam campanha da Smads

Nem todo herói usa capa. Transforme vidas, seja uma Família Acolhedora é o mote da campanha do Smads pra sensibilizar novas famílias a integrarem o cadastro da política pública de acolhimento familiar de crianças e adolescentes, afastados de sua família de origem por medida protetiva judicial. A campanha será veiculada em ônibus do transporte público municipal até o final de janeiro, em comunicação interna de empresas e divulgada em outros meios de comunicação e redes sociais. O período de inscrição de novas famílias acontece de 04 a 29 de janeiro de 2021, por telefone ou na sede do Serviço.

 

 

A apresentação dos ônibus ocorreu esta manhã, no último bolsão de estacionamento da Rua do Porto, no cruzamento das Avenidas Alidor Pecorari e Dr. Paulo de Moraes.

 

 
A campanha tem como protagonistas famílias atuantes no Serviço. O material tem um QR Code que direciona para o site da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) (www.smads.piracicaba.sp.gov.br/campanhas-e-eventos/campanhas/) e conta as histórias das famílias, o tempo que elas já atuam e o que as motivou a desempenhar esta função de proteção para crianças e adolescentes que estão em situação de violação de direitos.
 
 
 

Presente no lançamento, o prefeito Barjas Negri, frisou que antes de tudo, a Campanha é uma homenagem às famílias acolhedoras. “Esta campanha é sobretudo uma homenagem às famílias acolhedoras, famílias que fazem um trabalho social de grande relevância. Esperamos que a sociedade se mire no exemplo que eles passam com suas histórias de amor”.

 
Fabiane Fischer, titular da Smads, acredita que muitas famílias piracicabanas se sentirão tocadas pela mensagem e vão querer saber mais. “Nada melhor que o exemplo para arrastar mais pessoas para esta função que traduz o sentido de amor ao próximo.”
 
 
 

Melissa, representante de uma das famílias que estrelam a campanha, frisou que é uma honra participar da campanha para quem mais pessoas se sintam tocadas a desenvolver a função. “Uma onda de amor nos contagia quando acolhemos uma criança. Tem pai acolhedor, tia acolhedora, vó e amiga acolhedora. Mais recebemos do que damos amor. Todos se sentem contaminados e envolvidos com o amor que estas crianças nos dão.”

 

A Campanha tem realização da Prefeitura, por meio da Smads, com Apoio da Secretaria de Trânsito e Transportes (Semuttran), da TUPI e patrocínio da Sicredi. “Quando conhecemos o projeto, ficamos encantados pelo trabalho desenvolvido e pela determinação e boa vontade das famílias que acolhem as crianças. Essas famílias merecem todo o respeito da sociedade. São realmente heróis sem capa”, afirma o coordenador de MKT da TUPi e responsável pela criação da campanha, Fernando Galvão. Para João Noris, gerente de Comunicação e Marketing da Sicredi, a ação destas famílias deve ser reconhecida e valorizada, justificando o apoio dado para realização da campanha. “A atitude dessas famílias acolhedoras transforma vidas e essas vidas transformam o mundo. É uma ação de extrema nobreza que merece ser reconhecida e valorizada.”

 

 

Família Acolhedora - O Serviço Família Acolhedora é de execução direta da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads), com a finalidade de proporcionar acolhimento familiar a crianças e adolescentes que necessitem ser afastados de sua família de origem em decorrência de medida de proteção por determinação judicial. Atualmente o serviço tem 17 famílias acolhedoras cadastradas e sete delas estão com crianças ou adolescentes acolhidos. No ano de 2020, 15 crianças estiveram em acolhimento familiar. Durante todo período de acolhimento, tanto a família acolhedora como a família de origem são acompanhadas por uma equipe técnica especializada, para orientação e apoio psicossocial.

 

A Função da Família Acolhedora é assumir integralmente a guarda provisória de uma criança/adolescente, por no máximo 18 meses, oferecendo: afeto, alimentação, convivência familiar e comunitária, educação, saúde etc. Para ser Para ser uma Família Acolhedora é necessário ser maior de 25 anos e não estar inscrito em cadastro de adoção, morar em Piracicaba, sem perspectiva de mudança nos próximos três anos; ser idôneo e gozar de boa saúde física e mental; não possuir no seu núcleo familiar pessoa com problemas psiquiátricos ou dependência de álcool e outras drogas; ter disponibilidade para participação sistemática do processo de capacitação e seleção, além de outras eventuais atividades no serviço e contar com a anuência de todos os membros da família, que deve ser manifestado à equipe durante o processo de seleção.

 

A sede do serviço está localizada na Rua Coronel João Mendes Pereira de Almeida, 200 – Nova América. O telefone para contato é (19) 34220621 e o e-mail é familiaacolhedora@piracicaba.sp.gov.br.

 

 

 

Imprimir Comunicar erros
Semuttran
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Newsletter

cadastre-se para
receber informações

sede trânsito (19) 3401.1111 I semuttran@piracicaba.sp.gov.br
Av. Luciano Guidotti, 1446 - Jardim Caxambu - Piracicaba/SP

sede transporte (19) 3417.1600 I semuttran@piracicaba.sp.gov.br
Av. Armando Salles de Oliveira, 2001 - Centro - Piracicaba/SP

2021 - Todos os Direitos Reservados © Semuttran | Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.