Ir para o conteúdo

Tamanho do Texto

Contraste

Menu

Câmeras da Semuttran auxiliam polícia a encontrar motorista desaparecido

As câmeras para Leitura Automática de Placas (LAP), operadas pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Semuttran), por meio da Central Integrada de Monitoramento e Mobilidade (CIMM), auxiliaram a Polícia Civil a localizar na segunda-feira, 22/06, um motorista de aplicativo que havia desaparecido em Piracicaba. O homem era de Rio Claro e estava desaparecido há três dias, após realizar uma corrida.

 

De acordo com registros da CIMM, o veículo, um Ford Ka branco, foi fotografado pelas câmeras da avenida Armando Dedini, em frente ao Shopping, na Ponte Caio Tabajara Esteves de Lima (Ponte do Mirante) e da avenida Antônio Mendes de Barros Filho. A Polícia utilizou esses dados e chegou à comunidade Cantagalo, que fica ao lado da avenida Antônio Mendes de Barros Filho, onde encontrou o veículo.

 

De acordo com informações do jornal Gazeta de Piracicaba, havia dois homens no carro, que disseram ter alugado o veículo por R$ 30 e que o motorista estava na comunidade. Os policiais encontraram o motorista, que estava bem e disse que era usuário de crack e que havia tido uma recaída e vendido o celular, por isso não fez contato com os familiares.

 

“A Prefeitura de Piracicaba, mais uma vez, demonstra o absoluto comprometimento com a segurança e o bem-estar de seus munícipes. A iniciativa insere Piracicaba e região na vanguarda dentre as administrações municipais, tanto na manutenção da paz pública, quanto no enfrentamento criminal”, analisa Kleber Altale, diretor do Deinter-9. De acordo com Altale, a ferramenta tem auxiliado nas investigações e no esclarecimento de crimes, integrando-se a um conjunto de sistemas da tecnologia da informação, como o Detecta, os leitores de placas e os softwares inteligentes da Polícia Civil, em especial o Inquérito Policial Eletrônico.

 

PONTOS ESTRATÉGICOS - As câmeras LAP possuem a tecnologia OCR (Optical Character Recognition ou reconhecimento óptico de caracteres) e estão em 57 faixas de rolamento em 28 pontos escolhidos estrategicamente pela Guarda Civil e Polícia Militar. Desde o mês de abril essas imagens são captadas e enviadas em tempo real para o Copom da Polícia Militar e para o sistema Detecta, que tem um banco de dados com todas as placas de veículos furtados.

 

O sistema do município registrou três ocorrências no mês de abril, quando foram identificados um Citroën C3, que era utilizado na prática de furto e tráfico de entorpecentes; uma pick-up VW Saveiro, produto de furto, cujo motorista foi detido, além de um HB20 clonado, furtado em Cubatão, com o condutor também preso por receptação. Em junho, uma caminhonete Toyota Hilux e um Volkswagen Fox clonados também foram apreendidos com o auxílio das câmeras.

 

A Prefeitura de Piracicaba investiu R$ 768.873,60 na instalação das câmeras de monitoramento LAP e mais R$ 480 mil na revitalização da Central Integrada de Monitoramento e Mobilidade, instalada no 2º andar do prédio do Centro Cívico. Segundo Jorge Akira, titular da Semuttran, o investimento em tecnologias é constante e necessário. “Estas câmeras vão proporcionar a diminuição da circulação de veículos furtados e clonados, que de modo geral provocam acidentes com maior gravidade. Com estes equipamentos instalados em locais estratégicos, certamente haverá a diminuição de furtos, crimes e outros ilícitos, trazendo maior segurança para a população Piracicaba”, explica Akira.

Imprimir Comunicar erros
Semuttran
Reportar erro!
X
Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo.
O link da notícia será enviado automaticamente




Captcha:
Newsletter

cadastre-se para
receber informações

sede trânsito (19) 3401.1111 I semuttran@piracicaba.sp.gov.br
Av. Luciano Guidotti, 1446 - Jardim Caxambu - Piracicaba/SP

sede transporte (19) 3417.1600 I semuttran@piracicaba.sp.gov.br
Av. Armando Salles de Oliveira, 2001 - Centro - Piracicaba/SP

2020 - Todos os Direitos Reservados © Semuttran | Desenvolvimento Imagenet Tecnologia.